Nova Carteira de Identidade: principais mudanças

A Carteira de Identidade é o documento básico de todo brasileiro: é com ele que as pessoas podem fazer a solicitação de outros documentos, como o passaporte, o CPF, a carteira de motorista, etc.

Justamente por essa importância é que surgiu a proposta de mudar a Carteira de Identidade, inserindo nela muito mais dados para facilitar a vida do brasileiro e permitindo a inserção do nome social.

A nova identidade poderá trazer até 12 números de documentos importantes para o dia a dia, como certificado de serviço militar e título de eleitor.

Inclusive, o cidadão poderá inserir até o seu tipo sanguíneo no novo RG, facilitando a ação médica em caso de emergência.

A nova identidade poderá ser emitida nos mesmos postos de emissão que o RG atual e destaca-se ela será disponibilizada, inicialmente, apenas em alguns Estados; em São Paulo, por exemplo, ela já pode ser pedida desde agosto de 2019.

Além de o cidadão conseguir adicionar mais 12 documentos, a nova identidade também traz um QR Code, que é um código que ajuda as autoridades a conferir se o RG é verdadeiro.

Nova Carteira de Identidade: principais mudanças

Nova Carteira de Identidade brasileira

A nova Carteira de Identidade brasileira, ainda que conte com a inclusão de doze documentos, não será aumentada e continuará a ser emitida em papel, exatamente como acontece atualmente.

Para que todas essas informações extra caibam no documento, ele será rediagramado, inclusive para haver um espaço para o QR Code.

Deve-se deixar claro que a inclusão do número da CNH na nova identidade, por exemplo, não quer dizer que a carteira de motorista em si não precisará ser mostrada.

Em situações como uma abordagem policial, ainda será obrigatório mostrar o documento.

A utilidade da nova identidade é somente facilitar quando o cidadão precisa fornecer o número de um documento.

Se ele está preenchendo um cadastro e precisa do número do seu PIS, por exemplo, bastará mostrar o RG, no qual esse número também estará visível.

Nova Carteira de Identidade com chip

Na verdade, o “chip” ao qual se faz referência é o QR Code, uma tecnologia que já está presente nas novas carteiras de motoristas.

Esse QR Código que necessita de um leitor eletrônico e que permite confirmar se o documento é verdadeiro.

Com a inclusão do QR Code, a nova Carteira de Identidade fica mais difícil de ser falsificada: até hoje, infelizmente, é bem comum encontrar RG falsificado com várias utilidades.

Há até quadrilhas especializadas na criação de carteiras de identidade falsas para menores de idade ou para criminosos em fuga.

Entretanto, essas quadrilhas não terão meios de reproduzir o QR Code e, mesmo que eles coloquem uma figura parecida com esse código, as autoridades não conseguirão lê-lo.

A ideia da inclusão dessa tecnologia, portanto, é combater as quadrilhas de falsificação de documentos.

Nova Carteira de Identidade valor

O preço da nova Identidade varia em cada Estado, coisa que já ocorre hoje em dia: quem emite o RG em São Paulo não paga necessariamente a mesma taxa cobrada no Amazonas, por exemplo.

Essa variação de preço continuará acontecendo, assim como continua garantida a gratuidade na 1° via do documento.

Para se informar sobre o valor da nova identidade, é só procurar o Instituto de Identificação do Estado.

Ressalta-se que, provavelmente, as pessoas inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e os idosos poderão emitir a nova identidade completamente de graça (mesmo a 2° via).

As correções de dados da nova identidade também serão gratuitas quando o cidadão as solicitar em até 90 dias.

Funciona assim: se qualquer dado do RG estiver errado, basta retornar ao Instituto de Identificação e comprovar o erro para que um RG novo seja feito de graça.

Nova Carteira de Identidade documentos 2 via

Muita gente terá de pedir a segunda via do seu RG para usar a nova Carteira de Identidade, e os documentos necessários costumam ser:

  • Certidão de casamento ou nascimento;
  • Foto 3×4 recente;

Quem apenas quer substituir o RG antigo pela nova versão deverá levar o documento que já tem.

Além disso, alguns Estados dispensam o cidadão de levar foto 3×4 porque ela é tirada no Instituto de Identificação.

Mais uma informação relevante é que, se o RG anterior foi furtado, roubado ou perdido, a nova identidade só será emitida mediante o Boletim de Ocorrência.

Nova Carteira de Identidade como tirar

Nova Carteira de Identidade como tirar

Para tirar a nova Carteira de Identidade, deve-se acessar o site do Instituto de Identificação do Estado e fazer um agendamento; em certas regiões, nem mesmo é preciso agendar.

Caso o cidadão não encontre o site ou o telefone do Instituto de Identificação, ele pode procurar pelo site da Polícia Civil do Estado.

Não existe nenhum pré-requisito para emitir a nova identidade: a versão tecnológica do RG está disponível para pessoas de todas as idades.

Deixe um comentário